www.diariodorock.com.br: 01/05/11 - 01/06/11
"Satan laughs as you eternally rot!"

31 de mai de 2011

Premiere\\ BLACK VEIL BRIDES: 'The Legacy' Video Released


"The Legacy", the new video from Los Angeles theatrical dark rockers BLACK VEIL BRIDES, can be viewed below. The song comes off the band's sophomore album, "Set The World On Fire", which will be released on June 14 via Lava Music/Universal Republic Records.

"Everything is bigger — more songs, more vocals, more melodies," proclaims frontman and founder Andy Biersack. "And it all came naturally; it's not an attempt to try to outdo our first record, but we wanted to show how we had naturally grown as a band and as songwriters. This is my favorite record I've ever made — and most importantly, the best album anybody's ever made,".




Comentários: Poucos dias após lançar o clipe "Fallen Angels", os caras já surgem com este novo single que inevitavelmente irá competir com eles mesmos. Uma estratégia de lançamento no mínimo estranha.
O contexto e visual do outro video é mais legal, mas a música deste aqui, é sem dúvida bem melhor.
Na quarta feira que vem, vou poder vê-los ao vivo, no warm up do festival Sweden, ao lado de Hardcore Superstar e Crashdiet.

Rocknews\\ Cannibal Corpse, The Black Dahlia Murder e Suicide Silence juntos em festival no Brasil


Além de São Paulo no dia 3 de dezembro, a cidade de Curitiba também deverá receber o festival organizado pela produtora Liberation com as bandas Cannibal Corpse, The Black Dahlia Murder e Suicide Silence no dia 04 (domingo).

Novas informações em breve.




Comentários: Este evento vai ser matador, mas espero que seja realizado na forma "open air". Seria muito legal um festival da Liberation rolando em algum lugar mais amplo.
Estas 3 bandas maravilhosamente desgraçadas, juntas, tocando em um local fechado e pequeno como o Carioca Club, certamente não há como restar nenhum sobrevivente no meio do liquidificador humano que se tornará o 'circle pit'.
Independentemente do local que vierem escolher, estaremos lá. Todos presentes neste dia histórico, quando iremos perder todos os nossos dentes no 'Wall of death' e que celebraremos para sempre o 'Tião Macalé Day'.

Rocknews\\ Danzig: na trilha sonora de “Se Beber, Não Case 2”


Os norte-americanos do Danzig, banda comandada pelo vocalista e guitarrista Glenn Danzig, faz parte da trilha sonora da comédia “ Se beber, não case 2”. A música escolhida foi “Black Hell”, composta exclusivamente para o filme.

A banda se apresentará em São Paulo (16/07 - HSBC Brasil) e Curitiba (17/07 – Master Hall), em turnê de divulgação do álbum “Dethred Sabaoth” (2010).

TESTAMENT no Brasil \\ Anúncio oficial de show em São Paulo


Com grande orgulho e satisfação, a Liberation Music Company anuncia oficialmente hoje a confirmação do esperado retorno ao nosso continente de uma das mais influentes e reverenciadas bandas da história do metal: TESTAMENT LATIN AMERICAN TOUR 2011!

Através de um trabalho em conjunto entre a Liberation e a produtora argentina Volumen 4, no próximo mês de agosto, o Testament cruzará a América Latina de ponta a ponta, com apresentações confirmadas em todas as grandes capitais e centros do metal latino-americano, além de participações em tradicionais eventos sul-americanos tais como o Quitofest (Equador) e o GilmanFest (Venezuela).

O retorno do Testament ao Brasil consistirá de uma apresentação exclusiva, com capacidade limitada, em São Paulo, no Carioca Club, no dia 20 de agosto (sábado). Todas as informações referentes à matinê histórica, com essa verdadeira lenda do Thrash Metal mundial em São Paulo, serão anunciadas em nosso site nas próximas horas. O início da venda antecipada de ingressos acontece nesta sexta-feira, 03 de junho.

Datas da turnê:

TESTAMENT LATIN AMERICAN TOUR 2011

10/08 Mexico City, Mexico
12/08 Bogotá, Colômbia
13/08 Quito, Equador (QUITOFEST 2011)
14/08 Caracas, Venezuela
16/08 Santiago, Chile
17/08 Buenos Aires, Argentina
20/08 São Paulo, Brasil

www.liberationmc.com

Alice Cooper no Brasil \\ Possível set list


ALICE COOPER já está na América do Sul com sua nova turnê 'No More Mr. Nice Guy'. A Titia se apresentou no último sábado (28) em Buenos Aires e a surpresa da noite ficou por conta música "Hey Stoopid", que não era tocada desde 1997. A próxima parada de ALICE COOPER será em Porto Alegre nesta terça-feira (31), no Pepsi On Stage. Em seguida, o vocalista segue por São Paulo (02/06) e Rio de Janeiro (03/06).

ALICE COOPER EM BUENOS AIRES (ARG)
28/05/2011 - Estádio Cubierto Malvinas Argentinas

- The Black Widow
- Brutal Planet
- I'm Eighteen
- Under My Wheels
- Billion Dollar Babies
- No More Mr. Nice Guy
- Hey Stoopid
- Is It My Body
- Halo Of Flies
- I'll Bite Your Face Off
- Muscle Of Love
- Only Women Bleed
- Cold Ethyl
- Feed My Frankenstein
- Clones (We're All)
- Poison
- Wicked Young Man
- Killer
- I Love The Dead
- School's Out

Bis:

- Elected
- Fire

Insight \\ Em bom momento, The Cult permanece na frente


Exibições (% do total)
1) The Cult - Wild Flower - São Paulo 2011 (16,6%)
2) The Cult - Sweet Soul Sister - São Paulo 2011 (11,2%)
3) Motley Crue - Live Wire - Brazil 2011 (10,6%)
4) The Cult - Lil' Devil - São Paulo 2011 (4,3%)
5) Buckcherry - Rescue Me - Brazil 2011 (4,0%)
6) Cavalera Conspiracy - Sanctuary - SWU 2010 (3,5%)
7) Suicide Silence - Wake Up - Brazil 2010 (2,9%)
8) Helloween - Ride the Sky - São Paulo 2011 (2,3%)
9) The Devil Wears Prada - Hey John, What's Your Name Again? - São Paulo 2010 (1,3%)
10) Helloween - Eagle Fly Free - São Paulo 2011 (1,3%)

Shows de Rock no Brasil: KajibrinoTV

Apuração: 17/05/2011 - 30/05/2011
Exibições no período: 9.255
Total de vídeos disponíveis no canal: 283

Alice Cooper no Brasil \\ "Eu queria destruir completamente os ideais hippies", diz Alice Cooper em turnê pelo Brasil


Aos 63 anos, o homem batizado originalmente como Vincent Furnier segue como um dos artistas mais intensos e divertidos do rock. Quatro décadas depois de revolucionar o cenário musical com sua mistura de rock básico, broadway e terror sob o nome de Alice Cooper, o cantor continua apresentando um dos shows mais divertidos do planeta. A parafernália --com guilhotinas, camisas de força e sangue de mentira-- ainda está lá, amparada pelo repertório de um artista capaz de manter a relevância por décadas a fio.

Recém integrante do Rock and Roll Hall of Fame, Alice está prestes a lançar uma caixa com quatro CDs, um DVD e dois discos de vinil recuperando a primeira década de sua carreira, entre 1964 e 74. Além disso, seu próximo trabalho de estúdio, programado para 2012, será uma espécie de continuação do álbum "Welcome To My Nighmare" (1975). Intitulado "Welcome 2 My Nightmare", o disco será produzido por Bob Ezrin, responsável pela maior parte dos álbuns clássicos do cantor na década de 70.

Em entrevista por telefone ao UOL Música, Alice Cooper relembrou sua primeira visita ao Brasil em 1974, falou sobre seu polêmico espetáculo ao vivo, a criação de um som anti-Beatles ("Nós amávamos os Beatles, mas por que ser como eles?") e os shows que fará em Porto Alegre nesta terça-feira (31), em São Paulo na quinta (2) e no Rio de Janeiro na sexta (3).

UOL Música - Devo chamá-lo de Alice ou Sr. Furnier?
Alice Cooper - Alice está ótimo, mas se você me chamar de Maria eu não vou responder.

UOL Música - Como está esta nova turnê? Qual é o repertório desta vez?
Alice - Esta turnê passou por muitos festivais na Europa com bandas de metal, como Iron Maiden. Então vamos tocar todos os sucessos, como "Poison", "School's Out", "Eighteen", mas também músicas mais pesadas, como "Feed My Frankenstein", "Brutal Planets" e "Black Widow". E acrescentei um terceiro guitarrista na banda, Steve Hunter [ex-integrante da banda de Lou Reed]. Desta vez será um show com o som grande e cheio de guitarras.

UOL Música - Fora o Steve Hunter, ainda é a mesma banda que veio com você ao Brasil em 2007?
Alice - Não, é quase toda diferente. Estamos com Glen Sobel na bateria; Chuck Garrick, que tocava com o Dio, no baixo e nas guitarras; Tommy Henrik, Damon Johnson e Steve Hunter. Eu considero o Steve um dos grandes guitarristas norte-americanos, lado a lado com Eddie Van Halen e todos esses caras.

UOL Música - Esta já é sua quarta visita ao Brasil. A primeira, em 1974, foi especial?
Alice - Foi fantástica, porque nós não sabíamos que aquele era um dos primeiros shows de rock internacionais que aconteceram no país. Havia 158 mil pessoas e o local era coberto, então a apresentação [no Anhembi] entrou para o "Livro Guiness dos Recordes" como o maior show coberto de todos os tempos. Para nós foi como os Beatles devem ter se sentido no auge da beatlemania.

A cidade estava louca, não sabíamos que causaríamos tanta comoção. A segurança do show era o exército, nunca tínhamos visto nada parecido. E me lembro que a capa de um jornal do dia seguinte era uma foto minha de página inteira dizendo "macumba". Fui perguntar o que aquilo queria dizer e me explicaram que era uma mistura de vodu e catolicismo. A experiência toda foi incrível, sempre falo sobre esse show com a imprensa e com os integrantes originais da banda. Foi um show histórico, um marco.

UOL Música - Sua carreira passou por muitas fases, do rock de garagem no meio da década de 1960 e a fase mais experimental, a era clássica dos anos 1970, o período hard rock nos 1980 e por aí vai. Qual destas eras teve mais importância na sua obra?
Alice - Acho que foi quando estouramos com "Eighteen", em 1970, e "School's Out", um pouco depois. As pessoas ouviam a música no rádio e queriam saber quem era esse tal de Alice Cooper. E então quando viam o nosso visual e o que fazíamos no show, com guilhotinas, cobras e sangue... bem, o visual do rock and roll mudou completamente depois de nós. Até então todo mundo curtia paz e amor, jeans e camiseta, jam sessions até que, de repente, aparece o Alice Cooper fazendo algo diferente, show business, espalhafatosos e maquiados. Depois disso apareceram David Bowie e T-Rex, mas fomos nós que abrimos a porta para este tipo de coisa.

UOL Música - Essa reação aos ideais hippies foi proposital e planejada?
Alice - Sim! Eu queria destruir completamente aquilo. Ou melhor, ser um contrapeso. O rock estava ficando chato naquela época [dos anos 70], então decidi dar uma agitada. Pensei: 'se todo mundo quer ser o Peter Pan, nós seremos o Capitão Gancho. Devemos ser a banda vilã'. Nós amávamos os Beatles, mas por que ser como eles? Por que ser como os Stones? Outra coisa importante foi a androginia. Ninguém fazia isso até então. Usávamos calças de couro preto com botas de motociclista e vestidos das nossas namoradas, as os vestidos eram rasgados e sujos de sangue. Não era afeminado, era aterrorizante. Nunca tivemos uma aparência feminina, parecíamos malucos.


O rock estava ficando chato naquela época [dos anos 70], então decidi dar uma agitada. Pensei: 'se todo mundo quer ser o Peter Pan, nós seremos o Capitão Gancho. Devemos ser a banda vilã
Alice Cooper
UOL Música - Não é coincidência que, alguns anos depois, o Johnny Rotten fez o teste para entrar nos Sex Pistols e cantou "Eighteen"...
Alice - Pois é. E nós estávamos usando alfinetes e todas essas coisas muito antes do punk. O Johnny Rotten diz até hoje que o Alice Cooper era a única banda que valia a pena ouvir naquela época. Eu achava os Sex Pistols muito legais, porque eles foram montados pelo empresário, mais ou menos como os Monkees nos anos 60, mas para representar o punk que estava surgindo na época.

UOL Música - Falando em Monkees, vocês e eles vieram da mesma cena de Los Angeles da década de 1960 e eram amigos do Frank Zappa. Como foi vivenciar em primeira mão um dos momentos mais únicos da história do rock?
Alice - Foi uma época interessante, porque as pessoas não se incomodavam com o que os outros faziam. Quero dizer, gente tão diferente como Frank Zappa, nós e os Monkees andávamos juntos. Rolavam umas combinações muito estranhas de artistas que não tinham nada a ver uns com os outros. Uma noite era tipo Alice Cooper e The Mammas & The Pappas, na outra The Doors, BB King e Cher no mesmo palco. E ninguém achava isso nada de mais. Hoje em dia isso não acontece, o mais comum é algo como Alice Cooper, Ozzy e, sei lá, Rob Zombie, tocando para um público homogêneo. Naquela época não, todo tipo de gente aparecia para ver todas as bandas da noite.

UOL Música - Como você criou seu show?
Alice - Percebi que se éramos o Alice Cooper não íamos apenas dizer "Bem Vindos Ao Meu Pesadelo" [referência à música "Welcome to My Nightmare"], vamos dar a eles o pesadelo. Se temos uma música como "Ballad Of Dwight Fry", que é sobre um cara maluco, vou cantar usando uma camisa de força. E no final disso tudo eu saio da camisa de força e mato a enfermeira, eles me prendem numa guilhotina e cortam minha cabeça.

Para mim era como contar uma história e, como não tínhamos nenhum tipo de limite imposto, a mensagem era "divirtam-se". Havia tantas bandas rock que não estavam se divertindo e nós trouxemos a diversão de volta. Todo mundo era influenciado pelos Beatles e pelos Stones, mas nossas maiores influências eram bandas como The Who, Yardbids e Kinks porque eles eram muito experimentais e elétricos. Mas também assistíamos ao musical "West Side Story", filmes de James Bond, filmes de terror e coisas excitantes em geral, e decidimos misturar tudo isso.

UOL Música - Tem alguma maluquice que você fazia no palco antigamente e que não faz mais?
Alice - Naquele tempo, muita coisa era improvisada, tudo valia. Começamos a usar a cobra no palco, mas ela foi crescendo tanto que isso ficou praticamente impossível. Usávamos muito sangue falso, mas de vez em quando alguém se cortava e saía sangue de verdade. Vira e mexe alguém tinha que tomar pontos, porque fazíamos a cena da briga de facas de "West Side Story" e alguém acabava tomando uma facada. Hoje em dia o show é muito divertido e não tem nada de suave, mas é mais ensaiado, com a melhor banda do ramo. E é isso que vocês vão ver no Brasil.
ALICE COOPER EM PORTO ALEGRE

Quando: nesta terça-feira (31), a partir das 21h
Onde: Pepsi on Stage - Avenida Severo Dullius, 1995
Quanto: R$ 90 (pista lote 1, R$ 100 lote 2, R$ 110 lote 3, R$ 120 lote 4), R$ 200 (mezanino) e R$ 300 (camarote)
Ingressos: Multisom, pelo telefone 4003-5588 e pelo site www.ticketsforfun.com.br
Censura: 16 anos, mas jovens entre 12 a 15 anos entram acompanhados de pais ou responsáveis

ALICE COOPER EM SÃO PAULO

Quando: quinta-feira (2), a partir das 21h
Onde: Credicard Hall (av. das Nações Unidas, 17.981, Santo Amaro)
Quanto: R$ 100 (plateias superiores 2 e 3), R$ 120 (plateria superior 1), R$ 140 (pista), R$ 350 (camarote setor 2 e poltrona setor 2) e R$ 400 (camarote setor 1 e poltrona setor 1)
Ingressos: bilheteria do Credicard Hall, pelo telefone 4003-5588 e pelo site www.ticketsforfun.com.br
Censura: 16 anos, mas jovens de 14 e 15 anos entram acompanhados de pais ou responsáveis

ALICE COOPER NO RIO DE JANEIRO

Quando: sexta-feira (3), a partir das 22h
Onde: Citibank Hall (av. Ayrton Senna, 3000, Shopping Via Parque, Barra da Tijuca)
Quanto: R$ 120 (pista), R$ 200 (poltrona) e R$ 240 (camarote)
Ingressos: bilheteria do Citibank Hall, pelo telefone 4003-5588 e pelo site www.ticketsforfun.com.br
Censura: 16 anos, mas jovens de 15 anos entram acompanhados de pais ou responsáveis

TRETAS\\ Dio: "Não saí, fui demitido", diz Vivian Campbell


O guitarrista Vivian Campbell jamais se desvencilhará de seu passado. Durante entrevista ao programa de rádio Inside Heavy, o irlandês se viu mais uma vez convidado a falar sobre seu tempo com Dio.

“Por um lado era estranho, pois Ronnie era bem mais velho. Era como estar em uma banda com seu pai, no meu caso, com um padrasto, pois tínhamos uma relação tensa. Não tínhamos muito em comum, exceto a música. Tenho certeza que era tão difícil para ele quanto para mim. Mas musicalmente era demais. A primeira encarnação da banda Dio foi a melhor. Os dois primeiros álbuns eram muito fortes, havia uma vibração legal no ar. Depois, algo aconteceu. Muitas pessoas, até hoje, pensam que eu decidi sair, mas não é verdade. Fui demitido em meio à turnê do disco Sacred Heart. Nunca quis sair, mas obviamente Ronnie tinha um pensamento diferente. Nunca mais nos falamos depois”.

Apesar de atualmente possuir uma visão mais positiva sobre essa época, Vivian declarou que não pretende se envolver em nenhum tipo de tributo ao saudoso cantor. “Nem tenho certeza se realmente gostaria disso. Nem fui convidado, mas mesmo que fosse, com certeza não estaria disponível. Vou sair em uma grande turnê com o Def Leppard e pretendo continuar com o Thin Lizzy quando puder. Só teria interesse em algo que envolvesse a formação original do Dio, com Vinny Appice na bateria, Jimmy Bain no baixo e Claude Schnell nos teclados. Mas nem imagino quem poderia assumir os vocais. Seria preciso um grande cara, pois Ronnie era, definitivamente, o melhor de todos no gênero. Não consigo pensar em alguém que cantasse como ele.

TRETAS\\ Nikki Sixx ao Poison: Farofa é boa na comida, não no palco


Parece que o eterno fanfarrão NIKKI SIXX continua com suas picuinhas colegiais e chamando o Poison de ‘farofa’ de novo.

Em uma entrevista feita por STEVIE RACHELLE em outubro de 2001, foi perguntado ao baixista do MÖTLEY CRÜE: Como você se sente com o fato das últimas turnês do POISON terem rendido mais do que as turnês do Crüe? Você alguma vez achou que isso aconteceria e você consideraria sair em turnê com eles:

Nikki Sixx: O POVO GOSTA DE FAROFA DE VEZ EM QUANDO

(Nota do tradutor: Originalmente Nikki usou a palavra ‘cheese’, que em bom português, significaria ‘queijo’, mas que nos EUA dá conotação de algo tosco ou piegas, e o termo equivalente mais próximo dentro da música pesada acaba sendo ‘farofa’).

Agora, nas últimas semanas, ele falou sobre como ele e o Crüe achavam o Poison uma bosta. E agora, na manhã dessa segunda, 30 de maio, poucas horas depois das duas bandas terem tocado no festival estadunidense de hard rock ROCKLAHOMA, Sixx mandou outra cutucada para Bret Michaels e seu entourage via Twitter:

"Farofa é boa na comida, mas não no palco…"

(Cheese is great on a hamburger but not on stage...)




Efusivos Abraços: Essa é mais uma matéria com o carimbo de qualidade: Nacho Belgrande!

Judas Priest & Whitesnake no Brasil \\ Pré-venda de ingressos


As bandas Judas Priest e Whitesnake confirmaram quatro shows no Brasil no mês de setembro. Com álbuns lançados há pouco tempo, a turnê que tem realização da Time For Fun, passará por São Paulo (Arena Anhembi – 10/09), Rio de Janeiro (Citibank Hall – 11/09), Belo Horizonte (Chevrolet Hall – 13/09) e Brasília (Ginásio Nilson Nelson – 15/09), e terá as duas formações dividindo a mesma noite e palco.

Judas Priest vem com a turnê Epitaph, que marca a despedida do grupo dos grandes shows mundiais. Para celebrar, as apresentações contarão com um set-list recheado de músicas que fizeram do Judas Priest uma das maiores bandas de metal do mundo.

Por outro lado, o Whitesnake apresenta um show baseado no disco recém-lançado, "Forevermore". O 11º álbum do grupo de David Coverdale (ex-vocalista da banda Deep Purple) entrou no Top 200 da revista americada "Billboard" e conta com as participações de Doug Aldrich (ex-Dio) e Reb Beach (ex-Alice Cooper), que também estão excursionando com a banda.

Os ingressos tem pré-venda exclusiva para clientes Credicard, Citibank e Diners para os shows no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília, entre os dias 7 e 13 de junho. O público em geral, nessas cidades, podem adquirir ingressos a partir de 14 de junho. Mais informações sobre pré-venda e venda em São Paulo e valores de todos os shows da turnê serão divulgadas em breve.

Rocknews\\ Cannibal Corpse, Testament, Suicide Silence e Black Dahlia Murder no Brasil em 2011


A produtora Liberation confirmou grandes novidades para o próximo semestre! Preparem-se:

No dia 20 de agosto, um dos maiores nomes do thrash metal mundial estará de volta ao Brasil: Testament! Depois do cancelamento da turnê sul-americana em 2009, os californianos prometem mais um show devastador em nosso país! Já em dezembro teremos dose tripla: The Black Dahlia Murder em turnê de divulgação do seu último e elogiado álbum de estúdio, Ritual (2011), o grande destaque internacional do deathcore Suicide Silence e para fechar com chave de ouro, os reis do death metal Cannibal Corpse!

Novas informaçõs sobre datas, locais e ingressos em breve!




Comentários: Parabéns a Liberation por ter mergulhado de cabeça no metal e estar trazendo ao Brasil todos estes grandes expoentes da cena metalica da atualidade.

RUMOURS\\ Soundgarden: possível apresentação no SWU 2011


Já é quase certo a presença da banda Soundgarden liderada pelo vocalista Chris Cornell no Festival SWU 2011. Ao que se sabes, as negociações já estão bem avançadas. A banda de Seattle tocará no dia 14 de novembro, véspera do feriado alusivo a Proclamação de República.

A banda criada em meados de 1984, ficou ativa até o primeiro semestre de 1997, quando seus músicos optaram e tornaram público o fim do Soundgarden. Depois de mais de uma década de inatividade,os responsáveis por sucessos como Jesus Christ Pose, Black Hole Sun e Fell on Black Days estão de volta, e ao que tudo indica com uma possibilidade muito grande de tocar em solo brasileiro.

Vamos ficar na torcida e aguardar esta grande notícia de confirmação do Soundgarden tocando no Brasil.

Declarações\\ Metallica: discurso de James Hetfield em colégio


O guitarrista/vocalista do Metallica, James Hetfield, entrou no Hall da Fama 2011 do Downey High School nesta última sexta-feira, 27 de Maio, pelos anos que estudou no colégio de Downey, Califórnia. Confira acima o vídeo do discurso de Hetfield, e a tradução logo em seguida.

"A principal coisa que me vem a mente é a extrema gratidão de ser homenageado aqui na escola, onde eu me escondia na maior parte do tempo que estava aqui.

Eu odiava minha escola - literalmente. Eu era um estranho, eu não me encaixava, eu não queria me encaixar. Eu me escondia o máximo possível em minha música e ouvindo música. Sim, eu precisava aparecer nas aulas e receber créditos, só para passar, mas eu não sentia realmente que eu me identificava com alguém. Então estar aqui de volta, ser incluído no Hall da Fama, é completamente surreal e é um testamento para os sonhos das pessoas e - como a última pessoa introduzida colocou - as pessoas na categoria de estranhas, elas são capazes de se aplicarem e atingirem seus sonhos, só que de maneira diferente.

Tempos difíceis para mim no colégio - bem difíceis. Eu vim para a Downey High. Eu morava bem perto daqui. Eu ainda falo para meus filhos minha história de tentar atravessar a rua principal até aqui e ser acertado por um carro. E eles dizem, 'conte aquela lá de novo'.

Eu estou aqui para falar sobre os tempos difíceis que eu atravessei. Meu pai foi embora quando eu tinha 13 anos e minha mãe faleceu quando eu tinha 16. Eu não cheguei a terminar o colegial aqui, o que é bem triste, pois eu tinha muitos amigos aqui, e eu acabei me mudando para uma nova escola e indo morar com meu irmão mais velho. Então o colegial não foi a melhor época para mim. Mas a música era a salvação - uma grande salvação na minha vida - e eu fui capaz de subir em cima das cabeças das pessoas e seus discos e me envolver na música e, basicamente, ao invés de sair na escola, eu ia para casa e treinava guitarra, e era isso que eu fazia.

É ótimo ver jovens aqui cantando. A banda de jazz era a coisa que era oferecida aqui quando eu ia a escola. Eu achei que não tinha nenhuma conexão com o jazz, mas ouvir estas pessoas colocarem músicas modernas em versões em jazz é bem inspirador - é bem legal - e tê-los aqui e se mantendo firmes por aquilo que estão fazendo e ter orgulho disso, me traz uma lágrima em meu olho.

Minha primeira guitarra que eu comprei, minha mãe me fez trabalhar bastante por um ano, era de um guitarrista de uma banda de jazz; era uma SG e eu eventualmente a troquei por uma sistema de PA. Eu não sabia se eu queria ser um guitarrista ou um vocalista, e eu acabei fazendo os dois.

A outra coisa que eu gostaria de dizer é que foi uma época pivô e eu não sabia até agora. Muitas coisas aconteceram em nossas vidas e elas aconteceram por uma razão. A coisa que aconteceu comigo era que eu estava no time de futebol americano quando calouro, eu voltei no ano seguinte para estar no time de veteranos, e o treinador Cummings era o seu nome, ele disse, 'você precisa cortar o cabelo. Seu cabelo é longo demais; ele passa da sua orelha'. E eu olhei para os jogadores de futebol e eu disse, 'Bem... Você precisa ter cabelo grande para ser um bom jogador de futebol'. Mas naquele ponto, ele disse, 'você precisa cortar seu cabelo ou está fora do time'. Foi uma grande decisão na época. 'Eu quero ser um roqueiro? Ou eu quero ser um jogador de futebol?'. porque durante toda minha infância, eu queria estar no Oakland Raiders; era isso. E o outro sonho era que eu queria ser o cara do poster - o poster do Aerosmith que eu tinha no meu quarto. Então naquele momento eu tomei uma decisão, e entreguei meus equipamentos e eu só concentrei na música. Então obrigado a ele por me fazer escolher. Ele era bem distinto, e ele me manteve firme e eu também. Então eu sou muito, muito grato que isso tenha acontecido nesta escola.

Eu só quero dizer obrigado ao Hall da Fama por introduzir este estranho. E a todas as pessoas que estão aqui hoje e todos os jovens que eu vejo aqui que amam música e são inspiradas por isto e isto move suas vidas. Vocês conseguem suas inspirações de onde puderem e vivam seus sonhos ao máximo, porque isto pode acontecer."

30 de mai de 2011

KajibrinoTV \\ Heaven Shall Burn - Counterweight - São Paulo 2011


Heaven Shall Burn - Counterweight - São Paulo 2011
Carioca Club - Brasil - 28/05/2011

Obs.: Este vídeo foi gravado no meio de um circle pit, por isto seu início está bastante tremido.

Days of our Lives \\ Capítulo de hoje: "Iggor não gosta mais de Metal", diz Andreas


Andreas Kisser conversou com o The Haywire e falou sobre o assunto inevitável: a relação com os irmãos Cavalera.

Rumores e contatos: Encontrei Max e Iggor ano passado, em ocasiões diferentes nas edições de Madrid e Lisboa do Rock In Rio. Um tempo antes, Sepultura e Soulfly fizeram o mesmo festival na Alemanha. Conversamos, também falei com Glória (Cavalera, esposa e empresária de Max). Foi legal, ao menos temos esse canal aberto após tantos anos. Iggor ainda vive em São Paulo. Ele não gosta mais de Metal, só toca com o Cavalera Conspiracy por que é algo com o irmão. Ele gosta de ficar junto com Max, o que é muito legal. Para tocarmos juntos, a amizade teria que existir. Mesmo antes de eu entrar, éramos como uma gang. O espírito não mudou, apesar dos diferentes membros.

A pressão em cima do vocalista Derrick Green: É duro, mas faz parte. Desde que Max saiu os boatos de reunião começaram. Mas nunca saíram de dentro do grupo. Mas ele superou bem, nunca chegou a questionar isso. O único que não deixa de falar sobre o assunto é o próprio Max. Houve poucas ofertas concretas. Uma delas de Sharon Osbourne e o pessoal do Ozzfest, mas não era algo que representava nossa idéia. Não podemos enganar a nós mesmos, os fãs e a história.

Declarações de Max, como a que a esposa de Andreas tentou enterrar seu enteado Dana Wells antes de ele e Glória voltarem pra casa: Não me importo. Isso é coisa do Max. Faz tempo que não levo em consideração o que ele diz. O problema é quando temos que fazer pronunciamentos oficiais porque ele começa a espalhar mentiras. Aí os promotores de shows ficam ligando pra gente e perguntando o que está acontecendo. Então, ele pode falar o que quiser, chorar, mas não vai mudar o que fazemos.

To be continued...

Diario do Rock Overseas\\ Visualizações de página por país


23/05/2011 10:00 – 30/05/2011 09:00

1) Brasil: 4.628
2) Estados Unidos: 417
3) Dinamarca: 414
4) Portugal: 230
5) Alemanha: 112
6) Eslovênia: 65
7) Rússia: 43 *
8) Reino Unido: 42
9) Argentina: 37
10) Canadá: 36

Declarações\\ Skid Row: "Não vejo reunião com Bach acontecendo!"


O site estadunidense The Great Southern Brainfart falou com o baixista do SKID ROW, RACHEL BOLAN recentemente sobre uma variada gama de assuntos. Alguns trechos da conversa podem ser lidos abaixo.

Great Southern Brainfart: Os fãs da banda sempre disseram que querem que role uma reunião do Skid Row com Sebastian Bach e Rob Affuso. Isso é algo que vai acontecer?

Bolan: Eu não vejo isso acontecendo e acho que posso falar por Scotti Hill e Snake que eles não enxergam isso rolando tampouco.

Great Southern Brainfart: Eu acho realmente fabuloso que o Skid Row ainda esteja lançando material novo. Porque fazer isso ao invés de pegar a rota ‘nostálgica’ e explorar o material antigo ao máximo?

Bolan: Somos músicos, somos compositores e somos pessoas criativas então tocar as músicas antigas constantemente e só elas não seria divertido. Ficaria simplesmente chato depois de um tempo. Nós vamos gravar algumas demos quando os caras estiverem aqui (na Geórgia) para o show no (casa noturna dos EUA) Wild Bill então vamos continuar estocando as músicas e quando estivermos prontos, lançaremos outro disco.

Great Southern Brainfart: O que podemos esperar do Skid Row em 2011?

Bolan: Temos composto muito e esperamos lançar algo até o fim do ano. Apesar de que toda vez que eu digo isso, acaba não rolando «risos». Vamos lançar algo esse ano, seja um disco completo ou alguns singles. Vamos tentar fazer as coisas de um modo um pouco diferente porque a indústria musical está tão diferente de quando começamos. Só vamos dançar conforme a música e ver como a coisa rola e talvez aparecer na trilha sonora de um filme ou coisa do tipo.

CIRCLE PIT \\ SUICIDE SILENCE: Official 'You Only Live Once' Lyric Video


The official "lyric video" for "You Only Live Once", a brand new song from California deathcore masters SUICIDE SILENCE, can be viewed below. The tune comes off the group's new album, "The Black Crown", which is scheduled for release on July 12 via Century Media Records. The CD was recorded with heavyweight producer Steve Evetts (THE DILLINGER ESCAPE PLAN, EVERY TIME I DIE, HATEBREED) and features the following songtitles, among others: "Human Violence", "Cancerous Skies" and "Fuck Everything".

The cover artwork for "The Black Crown" was created by the Delaware-based freelance graphic designer and illustrator Ken "K3N" Adams, who has previously worked with LAMB OF GOD.

29 de mai de 2011

CIRCLE PIT \\ THE HUMAN ABSTRACT: 'Holographic Sight' Video Released


"Holographic Sight", the new video from California metallers THE HUMAN ABSTRACT, can be viewed below. The song comes off THE HUMAN ABSTRACT's third full-length album, "Digital Veil", which sold around 3,200 copies in the United States in its first week of release to debut at position No. 177 on The Billboard 200 chart. The CD landed at position No. 5 on the Top New Artist Albums (Heatseekers) chart, which lists the best-selling albums by new and developing artists, defined as those who have never appeared in the Top 100 of The Billboard 200.




Comentários: Gaiola das popozudas!

Declarações\\ Rex Brown: "eu e Phil Anselmo estamos em crise conjugal"


O baixista Rex Brown (PANTERA, DOWN, KILL DEVIL HILL) foi recentemente entrevistado no programa televisivo “Focus In The Mix With Denise Ames”. Quando perguntado se ele ainda conversa com seu antigo colega no PANTERA e atual colega no DOWN, Phillip Anselmo, Brown respondeu, “Estamos tendo uma pequena crise conjugal, então… eu vou deixar assim. Eu estou na casinha do cachorro.”

Brown não pode juntar-se ao DOWN para os shows mais recentes da banda e foi substituído pelo baixista do CROWBAR Patrick Bruders. Falando com o jornal estadunidense The Delaware County Daily Times, o guitarrista do DOWN Pepper Keenen disse sobre Brown, “Rex não vai estar conosco na estrada pelos próximos shows. Ele tem coisas com as quais precisa lidar. Nós demos um ultimato a ele e ele está tentando resolver as coisas. Teremos Pat do CROWBAR tocando baixo, e ele bota pra fuder da mesma maneira. Ele toca com seus dedos – o que é realmente legal; ele tem aquele lance Geezer Butler rolando”.

Quando perguntado se Rex ainda era considerado membro do DOWN, Pepper respondeu, “Eu realmente não sei o que dizer sobre isso; ele não está fora da banda, mas ele não está tocando conosco ao vivo”.

Traduza\\ DIMMU BORGIR Performs With Orchestra In Oslo; Video Footage Available


This past Saturday, May 28, at the Oslo Spektrum in Norway, Norwegian symphonic black metallers DIMMU BORGIR performed one very exclusive show with a special, never-to-be-repeated setlist with 53 members of KORK (the Norwegian Radio Orchestra) and 30 members of the Schola Cantorum choir, who were musical guests on the band's ninth studio album, "Abrahadabra". This was the group's only confirmed worldwide appearance throughout the summer.

27 de mai de 2011

Esquenta pro SHOW \\ As I Lay Dying - Nothing Left


Os membros do As I Lay Dying e do Heaven Shall Burn já estão no Brasil para um fim de semana histórico!

Informações gerais:

Data: 28 de maio de 2011 (sábado) - São Paulo/SP
Local: Carioca Club (Rua Cardeal Arcoverde, 2899)
Horário: 18h (abertura da casa)
Ingressos (à venda a partir de 08/01):
- R$70,00 (pista - primeiro lote - à venda apenas na LOJA 255 ou pela internet)
- R$80,00 (pista - segundo lote - à venda na LOJA 255, no CARIOCA CLUB ou pela internet)
- Mezanino: entradas limitadas à venda apenas na LOJA 255 ou pela internet
(Valores para estudante/meia entrada e promocionais)
Pontos de venda:
- LOJA 255 (Galeria do Rock, Rua 24 de Maio, 62, primeiro andar, loja 255, São Paulo-SP,fone: 0xx11 3361-6951).
- CARIOCA CLUB (Rua Cardeal Arcoverde, 2899, São Paulo - SP,0xx11 3813-8598).
- Venda de ingressos pela internet:
www.liberationstore.net
Outras informações: (11) 3813-8598

Esquenta pro SHOW \\ Heaven Shall Burn - Black Tears


Lado a lado em nosso continente de maneira inédita, esses verdadeiros expoentes da música pesada européia e norte-americana percorrerão todos os principais centros do metal sul-americano, incluindo duas apresentações confirmadas no Brasil, com capacidade limitada: 28/05 em São Paulo (Carioca Club) e 29/05 (John Bull Music Hall). A tour também celebrará e promoverá os aclamados novos álbuns do As I Lay Dying, "The Powerless Rise" (2010, Metal Blade), e do Heaven Shall Burn, "Invictus" (2010, Century Media), ambos com recentes e louváveis prensagens brasileiras pela Paranoid Records, de São Paulo.

A Impostora\\ Agora o Def Leppard também a influenciou


A superestrela pop Lady Gaga já revelou anteriormente ter sido influenciada pelo DEF LEPPARD ao citá-los quando falava de seu novo álbum, “BORN THIS WAY”.

Agora, em entrevista ao site Gibson.com, ela reafirma.

“Tem muitas melodias grandes, quase DEF LEPPARD de tão grandes nos refrões, mas é house music eletrônica”, ela disse. “É muito difícil e muito vanguarda, e eu estou muito excitada para que vocês as escutem.”

Hoje, outra conexão com os músicos ingleses foi encontrada. Em seu website oficial, um link para um site feito por um fã chamado PROPAGAGA usa uma fonte de letra bem específica.

Qual será o próximo desafio da Impostora?

Rocknews\\ Poison: turnê começa com palco afetado e sem músicas novas


O grupo de hard rock estadunidense POISON começou sua turnê comemorativa de 25 anos no último dia 25 de maio, tocando na cidade de Tupelo, no Missouri [EUA] ao lado do SPUNKMONKEES e do WARRANT. Tal como se esperava, não há muitas mudanças do set list que a banda vem apresentando desde o fim dos anos 90. Das treze canções que compõem o show, nenhuma é proveniente do catálogo da banda depois de 1990 [ocasião do lançamento de Flesh & Blood], a não ser talvez pelo cover do GRAND FUNK RAILROAD, ‘We’re an American Band’ [lançada como single na compilação The Best of Poison: 20 Years of Rock em 2006].

O palco, repleto de números ‘25’ espalhados em cima do rack de amplificadores da banda, tem ainda um adorno de gosto duvidoso: um gigantesco cartaz com o vocalista BRET MICHAELS em primeiro plano e sem camisa, dando uma idéia exata da importância que a LIVE NATION [promotora que detêm os direitos dos shows da banda nos EUA] acha que o restante do grupo [CC DeVille, Bobby Dall e Rikki Rockett] têm pro público em geral.

O set list do dia 25 de Maio:

1. Look What the Cat Dragged In
2. I Want Action
3. Ride The Wind
4. We’re An American Band
5. Something to Believe In
6. Your Mama Don’t Dance
7. CC solo
8. Fallen Angel
9. Unskinny Bop
10. Rikki solo
11. Every Rose Has Its Thorn
12. Talk Dirty to Me
13. Nothin’ But a Good Time

O Poison embarca em uma turnê conjunta pelos EUA com o NEW YORK DOLLS e o MÖTLEY CRÜE a partir de 7 de Junho em Dallas, Texas.




Efusivos Abraços: Todos os agradecimentos do mundo, quiçá do universo ao genial Nacho Belgrande, que de forma magnífica redigiu esta belíssima resenha.

Alice Cooper no Brasil \\ Feirão da Tia Alice: 20% de desconto na compra de ingressos


Será concedido 20% de desconto * na compra de ingressos para o show do Alice Cooper, a ser realizado no dia 31 de maio em Porto Alegre, dia 02 de junho em São Paulo e dia 03 de junho no Rio de Janeiro.

(*) A promoção é válida para compra de ingressos, em todos os setores até a data do show.

Desconto não cumulativo com outros descontos comerciais. Limitado a 8 ingressos por pessoa e à capacidade de cada casa de espetáculos.

Desconto válido para compra em todos os canais de venda Tickets for Fun.

No ato da compra, você deverá informar um código promocional para obter o desconto ou apresentar este flyer de desconto (ver imagem abaixo).

Para Porto Alegre, o código é: AC2011POA

Para São Paulo, o código é: AC2011SP

Para Rio de Janeiro, o código é: AC2011MRJ


Pontos de venda no link:

premier.ticketsforfun.com.br/content/outlets/agency.aspx

Central Tickets For Fun: por telefone, entrega em domicílio (taxas de conveniência e de entrega) - 4003-5588 (válido para todo o país), das 9h às 21h - segunda a sábado.

Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br (entrega em domicílio - taxas de conveniência e de entrega).

SEFOTEU\\ Alice Cooper: cancelando primeiro show em trinta anos


Pela primeira vez em 30 anos, o lendário roqueiro ALICE COOPER foi forçado a cancelar um show. O show se realizaria nesta noite (quinta-feira 26 de maio) em Santiago no Chile. Ele estava doente demais para até mesmo deixar o hotel.

O músico está muito triste em decepcionar os muitos fãs que esperaram tanto tempo para vê-lo neste concerto. O médico está otimista de que Alice Cooper vai estar bem para se apresentar no show de sábado, em Buenos Aires, Argentina.

De acordo com a nota da produtora Time For Fun, Alice Cooper estaria com uma infecção intestinal. No Brasil, as apresentações seguem confirmadas.




Comentários: Espero que Alice consiga se recuperar rápido e que tudo dê certo para que o show de Sampa seja perfeito.

Rocknews\\ Danzig: falando sobre álbum de covers que está gravando


Glenn Danzig falou à revista Vive Le Rock sobre o álbum de covers que está gravando atualmente. Durante o bate-papo, o cantor revelou alguns dos artistas homenageados.

“Black Sabbath, é claro. Amo eles! São a chave para muitas coisas em minha vida. Recentemente participei do programa That Metal Show, do VH1, com Bill Ward, foi demais. Também farei algo de Elvis e um famoso tema de um filme de motoqueiros, que ficou parecendo um Punk Rock dos 1970, realmente modifiquei essa bastante. Talvez façamos outra nessa mesma linha. Já temos sete ou oito faixas prontas”.

MEDA \\ Courtney Love: "parei com drogas e fodi como um coelho"


Courtney Love fala sobre como seus anos usando drogas arruinaram sua vida sexual.

A estrela do HOLE passou anos lutando contra o vício, mas alega não ter tomado drogas desde 2005. Agora, em uma nova entrevista ao jornal "The Fix", ela revelou as verdadeiras conseqüências de suas batalhas com a heroína e o crack.

Courtney Love diz: "Todas as drogas só me limitaram. Quando eu era contra as drogas eu me sentia uma pessoa não sexual.
Depois que eu parei de usar drogas, comecei a foder como um coelho. Antes eu sofri por anos de celibato! Eu estava sem masturbação, sem romance, sem nada!"




Sing Along: Siririca Baby!! Siririca Baby!! Siririca Baby!! Siririca Baby!!

26 de mai de 2011

Rocknews\\ Poison: banda começa turnê de aniversário


Antes de se juntar ao Mötley Crüe e o New York Dolls, o Poison iniciou sua turnê comemorativa de 25 anos com um show ontem à noite, diante de 4 mil pessoas em Tupelo, Kansas. A abertura do espetáculo ficou por conta do Warrant, além da banda local Spunk Monkees. Confira um vídeo da execução de “Every Rose Has Its Thorn”.

CIRCLE PIT \\ ONWARD TO OLYMPAS: 'Structures' Video Released


"Structures", the new video from North Carolina's Christian hardcore/metal act ONWARD TO OLYMPAS, can be viewed below. The song comes off the band's sophomore album, "The War Within Us", which was released on March 15 via Facedown Records.

According to a press release, ONWARD TO OLYMPAS has "meticulously cultivated [its] sound, blending progressive metal, straight hardcore, and elements of death metal. Once again they enlisted the help of Jamie King (FOR TODAY, BETWEEN THE BURIED AND ME) to engineer their new record and that, combined with the matured direction of their writing make for an even more seasoned, technical and ear-catching release."

Notícias que vão mudar o mundo \\ Courtney Love afirma que Kurt Cobain era bem dotado sexualmente


A cantora Courtney Love disse em entrevista recente que Kurt Cobain era bem dotado sexualmente.
Falando à nova edição da revista GQ, Love elogiou o líder do Nirvana --que cometeu suicídio em 1994-- ao responder uma pergunta sobre se o ator Brad Pitt seria capaz de interpretar Cobain no cinema. "Kurt tinha mais presença e beleza que Brad Pitt. Ele era um líder, era forte e, aliás, era muito bem dotado, se quer mesmo saber".

Courtney Love também contou que Cobain foi cotado para trabalhar como ator no filme "Pulp Fiction - Tempo de Violência", de Quentin Tarantino, no papel de Lance, que foi interpretado por Eric Stoltz.




Sing Along: Hey rapazes! Esse cara deve morrer! Deve morrer! Deve morrer! Deve morrer!

APP \\ iTunes chega ao Brasil em outubro pelo varejo


Depois de anos de expectativa dos internautas brasileiros, o serviço de venda de músicas digitais da Apple, o iTunes Store, finalmente tem data e estratégia definidas para estrear no país, informa reportagem de Camila Fusco para a Folha.

A previsão é que a partir de outubro cartões pré-pagos sejam vendidos no varejo brasileiro para que os usuários possam, mesmo sem cartão de crédito, baixar aplicativos, músicas e vídeos legalizados do serviço da Apple.

Segundo a Folha apurou, os preços dos cartões são R$ 10, R$ 20 e R$ 40. Serão vendidos inicialmente nas principais redes de revenda de produtos da Apple, como Fast Shop, Fnac e Extra.

As últimas negociações para o início do serviço no segundo semestre estão sendo conduzidas nesta semana.

De acordo com executivos ouvidos pela reportagem, os preços dos arquivos deverão estar em reais.

Procurada, a Apple não se pronunciou.

TRETAS\\ Colaboradores do site Whiplash! alertam: "O Diário do Rock rouba artigos!"


No início desta semana, o DIARIODOROCK.COM.BR publicou 2 artigos copiados do maior site de rock do país, o WHIPLASH.NET
As matérias mencionadas são as seguintes:
* Sebastian Bach: Afinal, porque ele não entrou no Priest?
* Vinnie Vincent: Relatório completo da prisão

Ontem à tarde, fomos surpreendidos com o seguinte comentário:

"Anônimo disse...
Se quer roubar a matéria, pelo menos cita a fonte, maluco...
25 de maio de 2011 17:44"


É importante lembrar que o DIARIODOROCK.COM.BR não tem fins lucrativos e seu único intuito é propagar assuntos e conteúdos relacionados ao Hard Rock e Heavy Metal.
Lembramos também que neste blog, dificilmente será encontrado algum texto que tenha sido escrito exclusivamente por quem de fato o edita.
Eu tenho outra profissão e infelizmente, ou felizmente, não tenho tanto tempo disponível para me dedicar à este blog escrevendo artigos ou resenhas, portanto, não é novidade para ninguém que 99% deste diário é baseado em textos copiados de outros veículos.

Caso se atentem ao que está publicado abaixo de meu avatar do Jason Voorhees, perceberão que sempre mencionei as fontes das quais obtenho todo o conteúdo deste blog: WHIPLASH, ROCKONLINE, ROADIE CREW, ROCK BRIGADE, AGENDA METAL, BLABBERMOUTH, SLEAZY ROXX, KNAC, METALSUCKS, VH1 BRASIL, KISS FM e BACKSTAGE.

De qualquer forma, se isto é tão precioso para quem escreveu os artigos citados, deixamos o nosso efusivo agradecimento ao genial Nacho Belgrande, que por meio de suas bem traçadas linhas, nos enriqueceu de tanta sabedoria e conhecimento.

Conheça um pouco mais de Nacho Belgrande:

Nacho Belgrande, 33 anos, residente em Marilia - SP, é professor de inglês e francês, apesar de formado em Técnico de Engenharia de Estúdio pelo Recording Workshop de Los Angeles, nos EUA. Suas lembranças musicais mais remotas datam de 1983, com a fervilhante passagem do Kiss pelo Brasil e da alta popularidade do Queen no país. Fã(nático) por Mötley Crüe (de quem tem mais de 100 CDs), segue de perto também o trabalho de Slayer, Krisiun, Guns N´ Roses, Van Halen e Ozzy Osbourne, entre outros.





Comentários: O Diário do Rock rouba artigos? Ah vá? É mesmo?

MEDAHEADS\\ Vem pra "caixa" você também!


* Nós não nos responsabilizamos pela publicação destas fotos, haja vista terem sido retiradas de sites públicos.
De qualquer forma, caso não aceite o fato de seu rosto estar exposto em nosso blog, nos escreva que imediatamente excluiremos sua foto.

Premiere\\ CRADLE OF FILTH: 'Lilith Immaculate' Video Released


"Lilith Immaculate", the new video from British extreme metallers CRADLE OF FILTH, can be viewed below. The clip was filmed by independent London, England-based director Ross Bolidai and delves ever further into the depths of the sordid and delightfully dark world of CRADLE OF FILTH.

"Lilith Immaculate" comes off the band's latest album, "Darkly, Darkly, Venus Aversa", which sold 5,800 copies in its first week of release to debut at position No. 99 on The Billboard 200 chart. The band's previous CD, "Godspeed On The Devil's Thunder", opened with a little over 11,000 copies back in November 2008 to debut at position No. 48 on The Billboard 200 chart. This was slightly less than the first-week tally registered by 2006's "Thornography", which shifted nearly 13,000 copies the first week out to enter The Billboard chart at No. 66, and "Nymphetamine", which premiered with almost 14,000 copies back in October 2004.

ROCK on TV \\ JUDAS PRIEST Performs On 'American Idol' Finale; Video Available


As first predicted here earlier today, British heavy metal legends JUDAS PRIEST performed during tonight's (Wednesday, May 25) season 10 "American Idol" finale. They hit the stage with James Durbin, the 22-year-old rocker from Santa Cruz, California, who was eliminated from "American Idol" earlier in the month but who made a return appearance during tonight's broadcast.

PRIEST and Durbin performed the band's classic songs "Living After Midnight" and "Breaking The Law".

JUDAS PRIEST's appearance on "American Idol" marked the band's first performance with the group's latest addition, 31-year-old guitarist Richie Faulkner (LAUREN HARRIS, DIRTY DEEDS).

Durbin sang the JUDAS PRIEST classic "You Got Another Thing Coming" on the March 1 edition of "Idol". His rendition marked the first time, according to AEROSMITH singer and "American Idol" judge Steven Tyler, where a JUDAS PRIEST single was performed on the "Idol" stage.

25 de mai de 2011

Entrevista\\ Twisted Sister: reunião pode estar chegando ao fim


O guitarrista Jay Jay French (TWISTED SISTER) foi entrevistado pelo site UGO. Segue abaixo um trecho da entrevista.

UGO: Quais os próximos planos do TWISTED SISTER, e quais as chances do grupo gravar um novo disco de estúdio?

Jay Jay French: "Somos uma das cinco bandas restantes do nosso nível e da nossa era que toca com a formação clássica (AEROSMITH, ZZ TOP, RUSH e MÖTLEY CRÜE são as outras quatro). Continuamos a tocar pelo mundo seguindo a demanda. Neste ano tocaremos na Russia, Grécia, Espanha, Inglaterra, Finlândia, República Tcheca, Hungria, México e dois shows nos Estados Unidos. Não haverá novas músicas até o ponto que enxergo, e o fim da banda pode vir tão cedo quanto o fim deste ano."

"Não é propaganda para mim dizer que o último show agendado pode ser o último show de verdade. A reunião durou muito mais do que eu planejava e não pode seguir pra sempre. Isso não é uma ameaça. É como eu olho para a banda. A cada temporada de festivais que termina, eu penso que acabou. Alguns tocam até não aguentarem, outros podem simplesmente se retirar amanhã. Não creio que as bandas com 40 anos de estrada são diferentes nesse aspecto. Foi excelente. Foi além dos meus sonhos mais selvagens voltarmos a tocar e viajar pelo mundo."

A Impostora\\ Lady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"


Confira abaixo um trecho de uma entrevista em que a estrela pop LADY GAGA conta como foi assistir ao show do IRON MAIDEN no dia 17 de abril, na Flórida.

"O IRON MAIDEN nunca teve um 'hit', e eles fazem turnês em estádios por todo o mundo, e seus fãs vivem, respiram e morrem pelo MAIDEN, e esse é o meu sonho. É o meu sonho. E não só isso, mas quando chegamos na multidão, não houve pretensão... eu sou uma cantora pop - não sabia como seria em uma multidão de fãs do MAIDEN; todo mundo estava me abraçando, fazendo high-five.. 'Ah, é tão legal que você está aqui no MAIDEN', quero dizer, não havia nenhum preconceito, nenhum julgamento, apenas liberdade e amor pela música. Não importa quem você é; você não precisa saber nada sobre música para amá-la. E foi simplesmente tão... foi simplesmente incrível... o MAIDEN mudou a minha vida."

Qual será o próximo desafio da Impostora?

Rocknews\\ The Darkness anuncia turnê mundial e novo álbum


A banda The Darkness irá fazer uma turnê mundial em 2012, de acordo com o vocalista Justin Hawkins.

Após o anúncio da volta do grupo, depois de cinco anos separados, The Darkness conta que está planejando uma turnê mundial e que definitivamente lançarão músicas novas.

Hawkins disse: “Provavelmente haverá um novo álbum em 2012, mas de qualquer forma vamos lançar uma nova música antes disso. Uma turnê no Reino Unido no fim do ano e depois no mundo. De novo”.

A banda fará seus primeiros shows, após a reunião, no mês que vem pela Europa e também se apresentarão no “Dowload Festival” no dia 10 de junho com o Def Leppard. A reunião será com seus integrantes originais, os irmãos Justin and Dan Hawkins, Frankie Poullain e Ed Graham.

RUMOURS\\ Sebastian Bach: Afinal, porque ele não entrou no Priest?


O vocalista bahamense e jailbird de plantão SEBASTIAN BACH, conforme já amplamente divulgado pelos meios especializados, postou uma foto sua nessa segunda-feira, dia 23 de Maio, tirada na casa noturna de Los Angeles RAINBOW BAR & GRILL. Nela, Bach aparece com o guitarrista do JUDAS PRIEST, GLENN TIPTON e a viúva de Darrell Lance Abbott «a.k.a. Dimebag Darrell, o guitarrista do PANTERA falecido a oito de Dezembro de 2004» RITA HANEY.

Na legenda do Facebook, pode-se ler:

“Glenn Tipton do Judas Priest, Rita @dimebagzhag & eu no Rainbow noite passada.. Glenn & eu conversamos sobre eu quase ter sido o vocalista do Judas Priest ele me disse que quase rolou! Wow. Que cara legal”

O que ficou obscuro é o teor etílico em que a conversa se deu e qual a veracidade do que Tipton teria dito a ele.

Isso pode ser checado lendo um livro do mundialmente aclamado jornalista especializado em Heavy Metal, MARTIN POPOFF. Em “Judas Priest: Heavy Metal Painkillers – An Illustrated History” na página 242, onde Popoff afirma que «verbatim»: ‘Sebastian Bach foi chamado para um teste também, mas seu empresário na época, Doc McGhee, melou a coisa antes mesmo de questionar Baz’.

Judas Priest: Heavy Metal Painkillers – An Illustrated History pode ser adquirido no site Amazon.com a valores pouco módicos devido ao fato de estar fora de catálogo.

Readers' Reaction \\ Fã lamenta ter perdido show do Sweet



@jimmeecrazee disse...

CARALHO! THE SWEET EM SAMPA E EU PERDI! :(((
NEM SABIA QUE OS CARAS ESTAVAM AINDA JUNTOS...
CLÁSSICO DA MINHA ADOLESCÊNCIA.

Confira o vídeo que gerou tal surpresa: The Sweet - Little Willy - São Paulo 2011

Notícias que vão mudar o mundo \\ Silverchair entra em hiato por tempo indeterminado


O Silverchair anunciou nesta quarta-feira (25) em sua página no Facebook que vai entrar em "hibernação por tempo indeterminado". "Se a banda para de se divertir e se não nós completa mais criativamente, devemos parar. Isso significa que o Silverchair não vai fazer música juntos ou fazer shows em breve. Isso também significa que nós três não iremos trabalhar juntos a menos que pareça certo novamente".

O trio australiano relata que entrou em estúdio em 2009 para gravar um novo disco, e após alguns meses perceberam que estavam caminhando em direções diferentes. "Apesar de nossos esforços ao longo do ano passado, é cada vez mais claro que a centelha simplesmente não existe entre nós três no momento. Como resultado, decidimos colocar a banda em "sono profundo", enquanto todos nós fazemos outras coisas que mais inspiradoras agora".

Eles agradeceram os fãs e esclareceram que ainda são amigos. O baterista Ben Gillies está gravando um trabalho solo, e o vocalista Daniel Johns está trabalhando em uma trilha sonora. O baixista Chris Joannou está envolvido em projetos musicais e de caridade.

A banda foi formada em 1992 em Newcastle, Australia. O primeiro disco, "Frogstomp", foi lançado em 1995, quando Daniel Johns tinha apenas 16 anos. De um som sujo fortemente influenciado pelo grunge, também visto em "Freak Show" (1997), a banda foi adicionando elementos pop em "Neon Ballroom" (1999) e mudou para uma sonoridade art-rock em "Diorama" (2002) e "Young Modern" (2007), último disco lançado pelo Silverchair.




Comentários: O Silverchair deixou de ser interessante quando encostou suas guitarras de lado e passou a ser uma cópia australiana do intragável Coldplay. Ergh!

24 de mai de 2011

Premiere\\ BLACK VEIL BRIDES: 'Fallen Angels' Video Released


"Fallen Angels", the new video from Los Angeles theatrical dark rockers BLACK VEIL BRIDES, can be viewed below. The clip was filmed with director Nathan Cox, who has previously worked with MARILYN MANSON, DISTURBED, DEVILDRIVER and HIM, among many others.

"Fallen Angels" is the first single from BLACK VEIL BRIDES' sophomore album, "Set The World On Fire", which will be released on June 14 via Lava Music/Universal Republic Records.

BLACK VEIL BRIDES is:

Andy Biersack (vocals)
Jake Pitts (guitar)
Jinxx (guitar)
Ashley Purdy (bass)
Christian "CC" Coma (drums)




Comentários: Visual à la Motley Crue fase 'Shout'. Boas guitarras, mas o sonzinho é meio pós-emo. Dá pra dar uma nota 5,0.

Rocknews\\ Devildriver virá ao Brasil em agosto deste ano


A Negri Concerts anuncia mais uma apresentação inédita em terras brasileiras: os norte-americanos do DevilDriver virão a São Paulo para sua primeira e única apresentação no Brasil: dia 13 de agosto, no Carioca Club. Os ingressos já estão à venda no site da Ticket Brasil e estarão em breve nos pontos de venda oficiais da Negri Concerts.

SERVIÇO

DEVILDRIVER EM SÃO PAULO
Data: 13/8 (sábado) às 20:00
Local: Carioca Club - Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – SP
Informações: (11) 2359-3262 e (11) 7520-0721

INGRESSOS ANTECIPADOS
Pista Estudante 1º Lote: R$ 60
Pista 1º Lote: R$ 90
Camarote 1º Lote: R$ 150

Pontos de venda
Galeria do Rock - Paranoid: (11) 3221-5297 / Die Hard: (11) 3331-8253
Outros pontos de Venda: Metal CDS (Santo André) (11) 4994-7565
Venda online: http://www.ticketbrasil.com.br




Comentários: Sensacional! Devildriver em agosto e melhor do que isto, num sábado! Perfeito! August burns black!

MEDA \\ Novo álbum do Muse deverá ser mais suave?


O líder do Muse, Matt Bellamy, revelou que tem visto um lado mais calmo em suas composições desde que sua noiva e estrela do Hollywood Kate Hudson ficou grávida. Na intenção de apresentar a música ao bebê, o artista britânico guardou sua guitarra e foi procurar instrumentos mais calmos.

“Eu já estou tirando algo do vibrafone e o Wurlitzer - esse jeito legal de fazer som agudo e cintilante, bem calmo, que faz o bebê chutar - e tenho a sensação de que vou incorporar estes sons no próximo álbum”, contou ele ao jornal britânico The Mirror.

Os colegas de banda, o baterista Dominic Howard e o baixista Chris Wolstenholme, já têm filhos e conseguem ver até onde pode ir essa empolgação de Bellamy. Dominic disse: “Matt me mostrou alguns acordes recentemente. Talvez seja um rock mais suave, daí depende de mim e de Chris para fazê-lo pesado novamente. Canção de ninar em rock pesado! Mas tenho certeza que a ideia irá mudar de alguma forma”.

Enquanto o grupo não entra em estúdio até o fim deste ano, Wolsenholme diz que a irão estar prontos para isto quando for a hora.




Comentários: Mais suave? É uma pena que o MUSE já esteja se deixando levar pelo sórdido e maquiavélico sistema de bundalização da música pregado pelo mainstream.

Rocknews\\ Temple Of The Black Moon: novo projeto de Dani Filth com membros do Anthrax, The Cult e Gorgoroth


Mais um supergrupo nascendo. Dessa vez é o Temple Of The Black Moon, que reúne o vocalista Dani Filth (Cradle Of Filth), o guitarrista Rob Caggiano (Anthrax, The Damned Things), o baixista King (Gorgoroth, Ov Hell) e o baterista John Tempesta (White Zombie, The Cult).

No press-release a banda se descreve como uma mistura de elementos de grupos como Tool, Celtic Frost, Immortal e At The Gates. A idéia dos músicos é gravar o primeiro disco esse ano e começar a excursionar em 2012.

CIRCLE PIT \\ Within The Ruins "Versus"


WITHIN THE RUINS
"Versus" (Music Video)
Invade
AVAILABLE NOW
BUY NOW - http://www.victoryrecords.com/merch/WithinTheRuins
iTunes - http://itunes.apple.com/us/album/invade/id387664580

Order now: http://www.victoryrecords.com/merch/WithinTheRuins

Directed by David Brodsky (http://www.mgenyc.com/)

Versus
If God is real than he's an evil motherfucker. He's watching his greatest creation die before his eyes, dead before his eyes.There is a war outside, so wake up! If God is real he's probably kicking back enjoying the show. As his greatest creation cries before his eyes, cry because he lied. Here I am with arms wide open. I'm calling you out! Show yourself, I'm calling you out. Show yourself, I'm calling. I'm calling you out. If God is real than he's an evil motherfucker he's watching his greatest creation die before his eyes, dead before his eyes. Fuck your mysterious ways Fuck your "gift" of free will. This is me versus him.This is me in my finest hour. I'm calling you out. This is me versus him. This is me in my finest hour. I'm fucking calling him out. With him you are godless. With him you are fucking hopeless. (Fucking hopeless) This is me versus him. This is me in my finest hour. This is me calling him calling him, calling him.

Insight \\ Com ampla vantagem, THE CULT se isola na liderança


Exibições (% do total)
1) The Cult - Wild Flower - São Paulo 2011 (19,2%)
2) The Cult - Sweet Soul Sister - São Paulo 2011 (10,2%)
3) Motley Crue - Live Wire - Brazil 2011 (8,7%)
4) The Cult - Lil' Devil - São Paulo 2011 (3,8%)
5) Cavalera Conspiracy - Sanctuary - SWU 2010 (3,6%)
6) Helloween - Ride the Sky - São Paulo 2011 (3,5%)
7) Buckcherry - Rescue Me - Brazil 2011 (3,2%)
8) Suicide Silence - Wake Up - Brazil 2010 (2,9%)
9) Rammstein - Sonne - São Paulo 2010 (1,8%)
10) Helloween - Eagle Fly Free - São Paulo 2011 (1,7%)

Shows de Rock no Brasil: KajibrinoTV

Apuração: 10/05/2011 - 23/05/2011
Exibições no período: 7.249
Total de vídeos disponíveis no canal: 281

<< mais lidas

© Copyright - Diário do Rock - Headbangers Blog! - Todos os direitos reservados
anthony@diariodorock.com.br